Data Atual
Hora


By P Web Design Company

Cocada!

E-mail Imprimir PDF

É cocada boa, não é? Depois de abrir seu apetite e se servir de boa comida, chegou a hora da sobremesa!

Embora pareça ser um grande vilão para quem quer emagrecer, por se tratar de um alimento gorduroso, são exatamente essas moléculas gordurosas que estão relacionadas à redução do peso corporal, pois servem de combustível para gerar energia, evitando que se transformem em pneuzinhos.

Estou falando do coco, que faz bem pra tudo, combate bactérias, melhora a resposta imunológica, aumenta o colesterol bom e protege o coração. E qual sobremesa seria tão deliciosa, completa e docinha quanto uma cocada?

A cocada é um doce típico da culinária brasileira. Quando a Família Imperial veio ao Brasil, esse doce era disputado na corte, onde o rei era o primeiro a se servir. Naquele tempo a cocada mais conhecida era a preta, daí a expressão "Rei da Cocada Preta", usada como deboche, para identificar uma pessoa convencida.

A cocada pode ser dura, mole, de frutas, de coco queimado, de colher, de copo ou de forno. Tem cocada para diabético, para quem está de regime e para quem não se importa. Está presente nas festas juninas, nas oferendas, nos armazéns, em recheios de bolo e em todos os tabuleiros das baianas. Uma boa cocada caseira pode virar um lindo presente se colocada na casca do coco e embalada adequadamente.

Em Pernambuco, onde acontece a festa da cocada sempre nos meses de julho, é produzida a Cocada Gigante, com 24 metros de comprimento e que necessita de 30 pessoas para produzi-la. Mas, calma: a Bahia bateu o recorde de maior cocada do mundo em 2010, por produzir uma cocada de 500kg! Dá-lhe…

E para dar um toque todo especial nesse remelexo de coco, confira a música Cocada de Rita Ribeiro, do disco Tecnomacumba de 2006.

Você já leu o conto As Cocadas, de Cora Coralina?

Então compre os ingredientes antes, pois não há nada melhor do que uma boa cocada feita em casa, fresquinha e suculenta…

Mãos à obra:

Receita de Cocada Delícia

500g coco fresco ralado
1 xíc. açúcar
1 xíc. leite de coco
1 lata de leite condensado
1 pedaço de canela em pau
2 cravos da índia
Óleo de canola para untar

Numa panela, em fogo baixo, dissolva o açúcar no leite de coco.

Adicione o coco ralado, a canela, o cravo e o leite condensado e mexa até que a mistura comece a desprender do fundo da panela.

Desligue o fogo. Distribua colheradas da cocada numa travessa ou assadeira já untada com óleo de canola e espere esfriar.

*Para cocada preta, leve ao fogo o açúcar antes de tudo, mexendo com uma colher de pau até que fique bem dourado e acrescente o restante dos ingredientes depois.

Sugestão de acompanhamento: suco natural de frutas cítricas.

Tais Guimarães*
Tais Guimarães é Radialista e Artista Plástica

Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.

 

By P Web Design Company

By P Web Design Company

By P Web Design Company

By P Web Design Company

Tempo